domingo, 21 de agosto de 2011

Você duvida?



"Muito da instrução contida no universo material pode ser discernida pelos olhos atentos de um observador, mas uma outra parte de seus segredos nenhum homem pode discernir: muito experimento científico autêntico é preciso para se chegar a descoberta. Um químico, por exemplo, adquirirá pouco conhecimento se não estiver envolvido em testes e pesquisas. Por isso, na busca pela verdade não devemos nos limitar a uma mera leitura: se as Escrituras pedem que a testemos ou a experimentemos, sempre que for razoável, devemos estar preparados para realizar isso, nos submetendo aos processos por ela requeridos. Professores cristãos por toda parte nos dizem que a religião da Bíblia não pode ser conhecida exceto pela experiência, e essa afirmação não é tão diferente do que diz o químico quando nos leva ao laboratório e aos testes que comprovam seus experimentos. Não obstante, para sermos capazes de confiar em Deus nós devemos conhecê-lo; e para obter tal conhecimento devemos ansiar por uma revelação. Dada a revelação, isto exige que a deixemos transformar a nossa mente: Haveremos de retroagir? Não! Se há uma verdade para ser conhecida, nós buscaremos conhecê-la; se há uma vida para ser recebida, nós a receberíamos; se há um caminho perfeito para ser percorrido, nos seguiríamos por ele." Charles Spurgeon (“A Dica do Labirinto: Considerações profundas sobre a fé e a dúvida)

Continue lendo >>

sábado, 13 de agosto de 2011

Como você O espera?




Mt 25. 1-5  "O Reino dos céus, pois, será semelhante a dez virgens que pegaram suas candeias e saíram para encontrar-se com o noivo. Cinco delas eram insensatas, e cinco eram prudentes. As insensatas pegaram suas candeias, mas não levaram óleo consigo. As prudentes, porém, levaram óleo em vasilhas juntamente com suas candeias. O noivo demorou a chegar, e todas ficaram com sono e adormeceram...”

A Noiva do Senhor, a Sua igreja espera sua vinda. Como é isso? O texto de Mateus fala sobre dois tipos de noiva: o tipo que se prepara para o encontro do noivo e o tipo que leva a vida de qualquer maneira.  Qual a diferença entre as noivas sensatas e insensatas? As sensatas levavam azeite consigo, para o caso do noivo demorar, ou seja, não importa o quanto Ele demore, elas estarão sempre prontas e a Sua espera. As noivas insensatas não levavam consigo azeite. Talvez elas achassem que o noivo viria logo, ou talvez não se importasse tanto com Ele, a ponto de deixarem pra trás o que manteria as candeias acesas para o encontro com o noivo, que era o azeite. Como você tem se portado a espera deste noivo que é Jesus? Você tem azeite, que é o Espírito Santo, suficiente caso Ele demore?  Há quase dois mil anos, desde que Jesus ascendeu aos céus prometendo que voltaria, os que O amam esperam a Sua vinda.   Você acha que Ele está demorando? Está com sono e cansada? O texto de Cantares de Salomão 5.2,3,4-6  retrata a emocionante história de uma noiva que quase perdeu o seu amado, por causa deste cansaço e desânimo. Mas seu coração ainda estava desperto a ponto de ouvir a voz do noivo: veja:  “(a noiva): Eu estava quase dormindo, mas o meu coração estava acordado. Escutem! O meu amado está batendo: (o noivo) Abra-me a porta, minha irmã, minha querida, minha pomba, minha mulher ideal, pois a minha cabeça está encharcada de orvalho, o meu cabelo, da umidade da noite. (A noiva): Já tirei a túnica; terei que vestir-me de novo? Já lavei os pés; terei que sujá-los de novo? O meu amado pôs a mão por uma abertura da tranca; meu coração começou a palpitar por causa dele. (...) Eu abri, mas o meu amado se fora; o meu amado já havia partido. Eu quase desmaiei de tristeza! Procurei-o, mas não o encontrei. Eu o chamei, mas ele não respondeu.”   Esta linda história de amor, teve um final feliz, pois a noiva saiu desesperada a procura de seu amado, e sofreu algumas consequências por estar sozinha na noite, mas o encontrou no jardim, onde mutuamente fizeram juras e declarações de amor.  Mas a primeira história não teve o final feliz. Todas estavam cansadas e adormeceram, mas a diferença é que, quando se anunciou a chegada do noivo somente  5 delas estavam preparadas para recebê-lo: as que tinham o azeite. As lutas desta vida têm tirado suas forças? Você pode se cansar, mas não se desanimar. Assim como a noiva de Cantares, esteja com o coração acordado, e tenha consigo o azeite, que é o Espírito Santo, a ponto de se levantar do seu lugar e  ir ao encontro do Noivo. Ele vem, pode ter certeza.
Por Célia Soncella

Continue lendo >>

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Ao alvorecer Ele estará lá!

Farta-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos, e nos alegremos todos os dias.  Sl 90.14

A noite, espiritualmente falando, representa  lutas, tribulações. E não é pra menos, pois é a noite que acontecem as maiores atrocidades, mortes, desilusões, traições. A noite, em sua maioria, é fria, escura, perigosa. Meninas perdem seus sonhos, mulheres seus lares, maridos sua família, mães choram a perda de um filho enquanto velam seu corpo frio e inerte. Enquanto uma parte está dormindo tranquilamente, outra grande maioria da população está perdendo parte de suas vidas e sonhos. E não é assim, espiritualmente falando? Quantas pessoas estão atravessando a “noite” na sua vida, enquanto outras estão alheias a isso? Nesta noite fria, longa, triste, interminável, como gostaríamos de acordar e ver que tudo não passava de um pesadelo terrível.  Mas a noite vai passando,  e a madrugada vem chegando. No dicionário madrugada significa alvorecer, alva... Quando já estamos cansados e quase desfalecidos a madrugada chega com um clarear muito tímido, mas traz com ela um raio de esperança. Neste salmo, Moisés pede a Deus que na madrugada consiga enxergar a benignidade do Senhor e seja farto dela. A noite está  escura e você não consegue ver o agir de Deus? Ainda não acabou: o choro dura a noite inteira, mas a alegria vem pela manhã (Sl 30.5).   Quando o Senhor mostrar a sua benignidade, você vai se regozijar e se alegrar todos os dias! Ah! E as noites? Existirão outras, certamente. Mas na noite e ao alvorecer Ele estará lá. Consegue vê-lo?
Por Célia Soncella

Continue lendo >>

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Não fiquem desanimados!



“...Livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem.” Hb 12.1-3 

Olhando para as dificuldades desta vida, nossa tendência é o desânimo. São tantos os obstáculos que surgem a cada dia, que em dado momento, parece que a vida vai sendo sufocada. Talvez dificuldades financeiras, emocionais, sentimentais, espirituais, uma notícia desastrosa da mídia, uma notícia triste na família. Só Você sabe quais são seus obstáculos. Mesmo que esses sejam apenas momentos de desânimo, não deixam de roubar nossa energia, fé, confiança. Por um breve momento, que seja, suspiramos e lamentamos. Ás vezes até pensamos em desistir de tudo e voltar atrás. O escritor aos Hebreus escreve focando a fé e perseverança de alguns bebês em Cristo: judeus convertidos que, tendo em vista as dificuldades, perseguições, tribulações que estavam passando, pensavam em deixar seu relacionamento com Cristo para voltar a comodidade e segurança do judaísmo. Ás vezes nós também pensamos assim: seria melhor viver no comodismo, voltar a vida de antes, sem pensar em compromisso, do que nos lançarmos aos desafios e aventuras que o relacionamento com Jesus nos oferece. O escritor nos chama a atenção: “Vejam a aventura e desafio que Jesus enfrentou, para que esse relacionamento entre Deus e vocês fosse possível!” E isso , esse olhar pra Jesus e a cruz que ele suportou por nós, nos dá força para continuar. Faça isso, todas as vezes que você pensar em desanimar ou desistir: olhe para Jesus, autor e consumador da nossa fé.
Por Célia Soncella

Continue lendo >>

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O quanto você tem chorado?


“Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas, já os meus olhos estão consumidos pela mágoa...” Sl 6.6-7 a

Num momento de desespero, o salmista Davi chega a exagerar em suas afirmações.  Diante da tamanha tristeza em que ele estava submerso, no momento em que orou este salmo, ele afirma que a sua cama estava nadando em lágrimas. É claro, esta é uma figura de linguagem, mas, quem sabe o quanto você tem chorado? Quantas lágrimas tem derramado diante de tanta dor e angústia? Já chegou ao extremo de sentir a dor no seu coração e não ter mais lágrimas para chorar? Este salmo foi escrito num momento crítico da vida de Davi, em que ele estava até mesmo sentindo na pele, ou seja, seu próprio corpo estava sentindo as consequências do seu pecado com Bate Seba.  O homem e a mulher que tem sua vida com Deus sente a tristeza de seu pecado, pois o Espirito Santo está ali para convencê-lo disto, e da necessidade de se achegar ao Pai. Vemos neste texto pelo menos três áreas da vida de Davi que foram atingidas:
·         Sua saúde física – v  2, 7
·         Sua saúde emocional  - v 3, 4
·         Sua saúde espiritual  - v 5
O pecado atinge a vida do cristão como uma bomba, afetando seu corpo, alma e espírito. Mas como é bom conhecer um Deus que nos ama, e que esta verdade não pode ser roubada. No verso 9 Davi tem esta esperança bem viva dentro de si:  “O Senhor ouviu a minha súplica; o Senhor aceitará a minha oração.”  A morte de Jesus na cruz do calvário, o perdão de Deus pelos nossos pecados, são respostas de Deus à nossa oração. 
Célia Soncella 
05/08/2011

Continue lendo >>

O desabafo de um pai



Oséias 11: 1-5

"Quando Israel era menino, eu o amei, e do Egito chamei o meu filho. Mas, quanto mais eu o chamava, mais eles se afastavam de mim. Eles ofereceram sacrifícios aos baalins e queimaram incenso os ídolos esculpidos. Mas fui eu quem ensinou Efraim a andar, tomando-o nos braços; mas eles não perceberam que fui eu quem os curou.Eu os conduzi com laços de bondade humana e de amor; tirei do seu pescoço o jugo e me inclinei para alimentá-los. "Acaso não voltarão ao Egito e a Assíria não os dominará porque eles se recusam a arrepender-se? A espada reluzirá em suas cidades, destruirá as trancas de suas portas e dará fim aos seus planos. O meu povo está decidido a desviar-se de mim. Embora sejam conclamados a servir ao Altíssimo, de modo algum o exaltam. "Como posso desistir de você, Efraim? Como posso entregar você nas mãos de outros, Israel? Como posso tratá-lo como tratei Admá? Como posso fazer com você o que fiz com Zeboim? O meu coração está enternecido, despertou-se toda a minha compaixão.” 
Deus se mostra ao povo como um pai desconsolado e decepcionado com a ingratidão e desobediências de seus filhos. Veja as atitudes de Deus, para com Israel, e como ele tem as mesmas atitudes conosco: 
· Ele nos chamou 
· Nos ensinou a andar
· Nos conduz com laços de bondade. 
· Tirou o jugo de nossas vidas.
· Nos alimenta como um pai ao seu filho
 Muitas vezes nos portamos com o povo de Israel, e como um filho desobediente que simplesmente ignora o amor de seu pai. Todos os esforços, as noites de sono perdidas, os momentos felizes, de perfeita alegria e harmonia, simplesmente são esquecidas. O pai pode prever o futuro deste filho, por causa de sua experiência de vida, assim com Deus previa o futuro de Israel.(vs 6). Não que o pai não deseje evitar esse fim aos seus filhos, mas a escolha foi feita. Assim como Deus, que deseja pra nós vida abundante e plena, mas nós fazemos a escolha e vamos no sentido contrário ao Seu. 
“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Jr 29:11.  
Não que Ele não possa fazer nada pra mudar isso, mas não somos nós mesmos que nos orgulhamos de sermos livres pra escolher? Não nos gabamos de ter livre arbítrio? Fazemos isto, usamos nossa liberdade de escolha sem, muitas vezes, pensar nas consequências que ela pode nos trazer. E as consequências podem ser trágicas e, às vezes, irreversíveis. Como precisamos aprender a usar esse livre arbítrio! Assim como Josué soube escolher em Js 24:15 "Eu e minha casa serviremos ao Senhor," que nós possamos enxergar o amor de Deus tão profundo por nós, que mesmo em face de toda nossa desobediência nos diz: "Como posso desistir de você, Efraim? Como posso entregar você nas mãos de outros, Israel? Como posso tratá-lo como tratei Admá? Como posso fazer com você o que fiz com Zeboim? O meu coração está enternecido, despertou-se toda a minha compaixão.” 
E não é nos braços do pai que sempre encontramos o consolo? Ele está sempre nos esperando.
                                      Devocional de 13/06/2011

Continue lendo >>

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Aquele que te guarda, não dorme...


Constantemente nos surpreendemos com muitos temores. Mesmo que não os declaremos a ninguém eles estão ali.  São as aflições do dia a dia: enfermidades, dificuldades financeiras, familiares, sentimentais, emocionais. Mesmo que tenhamos plena consciência de que Deus está no controle,  estes pensamentos são quase  impossíveis não existirem. Nós, com toda nossa limitação, ficamos imaginando: E se...
E se ... eu tivesse feito diferente,
E se... as coisas não fossem assim
E se... eu não tivesse dito aquilo
E se... minha vida tivesse tomado outro rumo, com outras pessoas, outras ocasiões...
Pensamos que, se nós mudássemos o rumo das coisas, tudo seria diferente. Talvez até tivesse sido. Um casamento mal feito, palavras mal ditas, a desistência da faculdade, das pessoas, da vida...Muitas vezes nosso desejo é dormir e nos esquecermos de tudo o que está acontecendo a nossa volta. Você já se sentiu assim? Foi se deitar e pensou: Amanhã será um novo dia, tudo será diferente! Esse pensamento ainda não é dos piores, pois o outro dia chega com uma nova esperança.  E quantas pessoas desejam deitar-se e não mais acordar? Quantas decidem tirar a sua vida, achando que tudo se resolverá? Neste texto de Salmos 121:3 lemos: Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. Quanto consolo e esperança temos em Deus!! Enquanto dormimos e descansamos, ele cuida de nós. E ele nunca dorme! La fora as tempestades, tribulações, aflições estão tentando nos assustar, mas ele diz: “Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus” Como eu amo este versículo! Ele me faz parar e descansar...Que você possa descansar em Deus, de todas as preocupações que rondam a sua vida e tentam tirar a tua paz. Um dia maravilhoso pra você.

Por Célia Soncella  - meditação do dia 13-07-2001




Continue lendo >>

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Lu&Tero com Marcos Botelho

Continue lendo >>

terça-feira, 2 de agosto de 2011

O Conhecimento de Deus - Charles H. Spurgeon


Sermão matinal pregado  dia 7 de Janeiro de 1855


Já foi dito por alguém que "o estudo adequado da humanidade é o próprio homem". Não me oponho à idéia, mas creio ser igualmente verdadeiro que o estudo correto do eleito de Deus é Deus; o estudo apropriado ao cristão é a divindade. A mais alta ciência, a mais elevada especulação, a mais poderosa filosofia que possa prender a atenção de um filho de Deus é o nome, a natureza, a pessoa, a obra, as ações e a existência do grande Deus, a quem chama Pai.Nada é melhor para o desenvolvimento da mente que contemplar a divindade. Trata-se de um assunto tão vasto, que todos os nossos pensamentos se perdem em sua imensidão; tão profundo que nosso orgulho desaparece em sua infinitude. Podemos compreender e aprender muitos outros temas, derivando deles certa satisfação pessoal e pensando enquanto seguimos nosso caminho: "Olhe, sou sábio". Mas quando chegamos a esta ciência superior e descobrimos que nosso fio de prumo não consegue sondar sua profundidade e nossos olhos de águia não podem ver sua altura, nos afastamos pensando que o homem vaidoso pode ser sábio, mas não passa de um potro selvagem, exclamando então solenemente: "Nasci ontem e nada sei". Nenhum tema contemplativo tende a humilhar mais a mente que os pensamentos sobre Deus... Ao mesmo tempo, porém, que este assunto humilha a mente, também a expande. Aquele que pensa com freqüência em Deus terá a mente mais aberta que alguém que apenas caminha penosamente por este estreito globo. [...] O melhor estudo para expandir a alma é a ciência de Cristo, e este crucificado, e o conhecimento da divindade na gloriosa trindade. Nada alargará mais o intelecto, nada expandirá mais a alma do homem que a investigação dedicada, cuidadosa e contínua do grande tema da divindade. Ao mesmo tempo que humilha e expande, este assunto é eminentemente consolador. Na contemplação de Cristo existe um bálsamo para cada ferida; na meditação sobre o Pai, há consolo para todas as tristezas, e na influência do Espírito Santo, alívio para todas as mágoas. Você quer esquecer sua tristeza? Quer livrar-se de seus cuidados? Então, vá, atire-se no mais profundo mar da divindade; perca-se na sua imensidão, e sairá dele completamente descansado, reanimado e revigorado. Não conheço coisa que possa confortar mais a alma, acalmar as ondas da tristeza e da mágoa, pacificar os ventos da provação que a meditação piedosa a respeito da divindade. Para este assunto chamo a atenção de todos nesta manhã.




Charles Spurgeon cit. J.I Packer no livro Conhecimento de Deus(Mundo Cristão).

Continue lendo >>

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Todos nós precisamos de nosso Aba




Todos nós precisamos de nosso Aba
Max Lucado

Minha filha Jenna e eu passamos vários dias na velha cidade de Jerusalém. (Eu prometera levar cada uma de minhas filhas a Jerusalém, quando completassem doze anos.) Uma tarde, quando saíamos pelo portão Jafa, vimo-nos atrás de uma família de judeus ortodoxos — um pai e suas três filhinhas. Uma das garotas, talvez com quatro ou cinco anos, ficou alguns passos atrás, e não pôde enxergar o pai. "Aba!", chamou ela. Ele parou e olhou. Só então compreendeu que se afastara de sua filha. "Aba!" chamou ela, novamente. Ele a localizou, e imediatamente estendeu-lhe a mão. Ela a segurou, e eu, mentalmente, tomei nota enquanto eles prosseguiam. Eu queria ver as ações de um aba.
Ele segurou firmemente a mão da filha, enquanto desciam a rampa. Quando ele parou numa rua movimentada, ela caminhou pelo meio-fio, e ele a puxou de volta. Quando o semáforo abriu, ele guiou-a juntamente com suas irmãs através da interseção. No meio da rua, ele abaixou-se, tomou-a nos braços, e continuou a jornada.
Não é disso que todos precisamos? Um aba que ouve quando chamamos? Que segura nossa mão, quando estamos fracos? Que nos guia através das interseções agitadas da vida? Não carecemos todos de um aba que nos tome nos braços, e nos carregue para casa? Todos precisamos de um pai.
Max Lucado  - "A Grande Casa de Deus" 

Continue lendo >>

Ahh! As doces palavras do Pai!!


Bom, ouvir doces palavras do Pai... Quem se cansa?  Eu não. Quando vejo esse vídeo  algo mexe dentro de mim. Sinto o calor do Paizinho bem pertinho, como se estivesse falando ao meu ouvido... Veja, ouça, sinta... É a carta de amor do Pai para você!

Continue lendo >>

Você tem fome de quê?



Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia!
Os teus mandamentos me fazem mais sábio que os meus inimigos;
porque, aqueles, eu os tenho sempre comigo. Sl 119.97,98

Com está a sua leitura bíblica? Sei que muitas são as dificuldades para seguir o cronograma da leitura bíblica.
Se pensarmos assim, não continuaremos com o que nos propomos a fazer, e isto serve para as diversas áreas da nossa vida. Desistir é um péssimo costume que temos, quando as coisas não são como gostaríamos que fossem. O hábito da leitura da palavra de Deus PRECISA fazer parte da vida do cristão, assim como se alimentar e outras atividades do nosso cotidiano que são imprescindíveis. O alimento serve para o corpo, nossa saúde física, e a dedicação a palavra de Deus é para nossa alma e saúde espiritual.

“Procurem descobrir quais são as coisas que agradam o Senhor.”Ef 5.10

Como poderemos saber o que agrada ao nosso Deus, se não o conhecemos? E como o conheceremos?

De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho?
Observando-o segundo a tua palavra.De todo o coração te busquei; não me deixes fugir aos teus mandamentos.  Sl 119.9

Mesmo que você esteja atrasado na sua leitura,  não desista! Retome a ela e você verá o quanto será honrado e edificado com as preciosas Palavras de Deus. Não importa qual seja o cronograma de leitura que você segue,  continue  com a leitura.Se não segue nenhum, comece ainda hoje. No site da  SBB  há vários sistemas para  leitura diária,  muito simples e tranquilo pra seguir. 
Alimente-se da Palavra de Deus e tenha saúde!
por Célia Soncella

Continue lendo >>

Total de visualizações de página

Ocorreu um erro neste gadget

  ©Ah! As doces palavras do Pai!! - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo